18 junho 2010

José Saramago!

(foto de Sebastião Salgado)

O mundo sentirá saudades daquele que se preocupava muito com a não participação dos mais pobres na festa do Capital. Os excluídos perdem o seu "Nobel" de literatura e perdem principalmente um dos poucos artistas da letra deste planeta que colocou o seu trabalho, sua visibilidade à serviço dos oprimidos.Que a luz da sua sensibilidade com a pobreza possa ser dada a você em dobro. Sua marca  de luta está impressa definitivamente na terra da exclusão e da injustiça ,que sempre lhe indignou, será lembrada para sempre.

7 comentários:

Anônimo disse...

Saudades do velho portugues estalinista!
Bjos wallace
prof.Maura Pereira

wallace disse...

Olá querida Maura! É um prazer grande te-la por aqui!

Apesar de ter sido filiado ao PC, o "velho" não era stalinista. Os referidos defendiam na arte o "realismo socialista", o que a obra de Saramago passa longe.Além do mais,Saramago não seguia cartilhas,como é praxe dos stalinistas,sua obra nunca foi planfetária, pelo contrário,"beirava" a literatura fantástica largamente condenada pelos stalinistas.Talvez possamos "enquadrá-lo"(coitado!) em manfestos como de André Bretton e Trotski.
Beijo grande pra vc querida!

Anônimo disse...

O evangelho segundo Jesus Cristo é um livro maravilhoso!

Anônimo disse...

Fala wallace! Seu blog é sensacional!!!!!!!!!!!
Luzia de mello

Anônimo disse...

Saramago surrealista?!?!

wallace disse...

Saramago surrealista nunca! Mas quem sabe trotskista!?!?!

Anônimo disse...

Vi seu blog no orkut e gostei.Virei mais vezes!lucio castro