23 março 2011

Obama nas américas.


Uma afronta o discurso do senhor Obama em defesa da democracia estando ele no palco da "Operação Condor" onde os EUA comandaram milhares de mortes,torturas e desaparecimentos daqueles que dispuseram suas vidas à luta por um mundo igualitário.As memórias destes lutadores abnegados e de Alende devem ser lembradas neste momento de luto.

Até mesmo a igreja católica tem reconhecido seus atos pérfidos sobre a história da humanidade,enquanto o senhor da guerra,com roupagem simpática e sob o signo atual de afrodescendência,continua seu périplo pelas américas em busca do sangramento das artérias já sangradas da sangrada e querida América Latina.

No mesmo palco,os mesmos atores com máscaras diferentes encenam o mesmo roteiro de desrespeito e dominação diante de um público,que apesar da aparente inércia,se movimenta para acabar com este espetáculo deprimente de falsificação da realidade.

3 comentários:

Priscila Lemos disse...

Mestre,este seu "Olhar" é música diante de tanta banalização.Da violência,e dos absurdos imperiais contra os que desejam inclusão.Um beijo muito grande cheio de saudades de seu convívio e de suas aulas.

Carlos Henrique Gomes disse...

Continuas retrô meu amado Mestre?Mesmo assim,escrevendo cada vez melhor.

David Alexander Testa Braz da disse...

"No mesmo palco,os mesmos atores com máscaras diferentes encenam o mesmo roteiro"

Concordo, pois a história tende a se repetir com o mesmo jeito mudando apenas certas características, porém levando ao mesmo acontecimento. A boa coisa é o fato do final poder ser diferente, já que não é possivel prevermos o que virá a seguir.